liberdade: Janeiro 2011

liberdade

29.1.11

Aviso:

Não existe por detrás do que escrevo nada mais... Escrevo para mim, por mim, para todos e para qualquer um. Recados, quando os tenho, dou-os directamente, seja em que modalidade for, até em pensamentos de "amor". Racionalizar o "amor" é também pôr-lhe aspas... Seja...

Emoções... bah!

Amor 

E eu que as sei viver assim, e depois de me ter atirado hoje a elas mais uma vez, com a coragem de quem prefere pôr à prova os próprios limites, para se testar e quem sabe ir mais longe... Estou de ressaca... Não sei por quanto tempo mas a razão vai ser a minha "única" amiga... Ahahah, Mestrado em Psicologia das Emoções... Tem juízo Joana, racionaliza e lembra-te que também gostaste sempre de Nutrição!! Afinal somos o que comemos :)

3 min. dp...
Racionalizar as emoções, dar-lhes a mão, abraça-las, desfrutar das boas, porque não nasci para sofrer embora sofra, e seguir em frente.
Este ano que passou reparei e confirmei que o conceito de "controlar" tem frequentemente um mau sentido subjacente, também de mesquinhez e mediocridade.
Quando for "crescida" quero ser, ainda mais livre assim :) Nem a ressaca impede "a-ordem-natural-de-todas-as-coisas" :)


partilhado pela amiga :))

28.1.11

Tantas vezes, como ontem,

estico os minutos que "me sobram" e dou-lhes sabor a Vida.

26.1.11

Há um ano que não sonho que voo e sei que não é bom sinal em mim :(

Outros Janeiros

2009 

2 anos... cresço...

25.1.11

23.1.11

Saffron

Sei lá porquê, mas de repente apetecia-me ser agricultora, produtora de açafrão-das-índias.. aliás até sei de uma francesa que deixou paris e a vida que tinha rumo ao sul de França e que agora até dá cursos... não conto mais pq quem sabe isto um dia vira sonho provável e não há lugar para todos. Ai que nervos esta vidinha :(

Fui

votar

22.1.11

Depois

de nos últimos dias a minha "coluna" ter andado com ar de mau feitio que é só o feitio de quem precisa manter-se direita... Questões de "saúde" portanto. Devo dizer que, não é fácil ser-se "cool" num país de vidinha assim. Não é fácil...(ponto)


A avó de uma amiga minha costumava dizer:
- a ignorância é muito atrevida!...
Mas para mim é mais certo:
- A burrice é muito atrevida!...
E ainda assim temos que conviver com ela... :)

21.1.11

Já não vou votar em branco

Depois de um longo dia de trabalho, virei o carro a sul e fui espreita-lo e ler-lhe, o que precisava para mim, nas entrelinhas, ao vivo... Não me lembro da última vez que fui a um comício...
"Lisboa, 21 jan (Lusa) - Fernando Nobre fechou a sua campanha presidencial afirmando hoje à noite que "aconteça o que acontecer" esta foi "histórica" e que é apenas a primeira de outras assentes na "cidadania".
O candidato independente de apoios partidários afirmou no comício de encerramento de campanha que "a primeira candidatura da cidadania em cem anos de República vai abrir as portas a muitas outras pelo país fora.
"É por aí que é o caminho. Os cidadãos têm o direito de serem ouvidos, não há que ter medo das pessoas", disse o candidato."
Ia votar em branco, já não vou, e agora o meu voto já conta.

Às vezes

os sonhos grandes sonham-se baixinho :)

16.1.11

Turismo em Lisboa

música
ruas
sentidos
foram-se as jóias, ficaram as sementes
encontro, netos, pais, filhos, vidas, lutas, tristezas, liberdades, a ordem natural de tudo, voto em branco, hum... (6ªf à noite...)
.
- é mãe?
- :)
 
 
by day
today

Já decidi,

vou votar em branco.

Não será para já, nunca é... mas quem sabe um dia, somos tantos, que a classe politica começa a ter vergonha na cara e aparecem outros, com outras "pintas"... Sou uma lirica, é verdade, mas a verdade, a minha, é que apesar de não gostar de votar em branco, também não gosto de nenhum dos candidatos, e como já não acredito no voto util, pelo menos nas presidenciais, voto em branco.

Legislação: artº 10
Critério da eleição
1 — Será eleito o candidato que obtiver mais de metade dos votos validamente expressos, não se considerando como tal os votos em branco."

"Em relação à questão "O voto branco tem poder ?"

"Independentemente do tipo de eleição o voto em branco tem sempre poder. Esse poder é-lhe conferido pela razão por trás do próprio voto, o seu significado. Ao contrário do voto nulo, o voto em branco expressa somente uma atitude pró-sistema mas inconformista. Enquanto o voto nulo pode configurar erro humano, expressão anti-sistema ou uma multitude de razões diversas, o voto em branco (embora não reconhecido como tal pela Constituição) é expresso e muito objectivo: nenhum dos políticos a concurso tem a confiança do votante. Se dá "jeito" ou não à direita ou à esquerda ... isso é outro assunto." (Marco F. 13 Janeiro, 2011)

13.1.11

Há anos,


EARTH: The Pale Blue Dot from Michael Marantz on Vimeo.

que O sigo, porque é Bom.

Resiliência, precisa-se...


Coragem e inspiração também.

11.1.11

caminho

"Eu não tenho medo do amor. Eu tenho medo é de amar quem tem medo dele"

5.1.11

:)



2.1.11

Simples :)


Bom Ano

1.1.11

1º Dia

Sul

Tomar café com o Ché enfeitado

Céu, areia, e sal de lágrimas e de mar

As minhas Palavras

Todos os anos somo e levo comigo uma palavra nova. Que faz sentido, por que sim, que reconheço como possível e importante e que por isso abraço. Sou corajosa, também para mim.
Comecei o ano a confiar e escolhi a palavra Desfrutar, fazia sentido porque boa e merecida. Mas passados uns meses e pela primeira vez elegi uma outra, a Coragem, diferente da que sempre reconheci em mim, porque não reactiva. Acabo o ano ainda a senti-la por concretizar em pleno, e do que antevejo faz sentido até que se entranhe, nos próximos meses.
A palavra deste ano eleita depois de arredar da frente, a que se faz interessante no fundo do cérebro..., é Inspiração.
Que 2011 seja excelente na medida de cada um, de verdade, para todos, também em Liberdade

A direcção do colo e do amor

Salute to Viena 2011
tradição anual, agora das duas.